A potência imagética e a televisão do século XXI: algumas reflexões
PDF
EPUB
MOBI

Palabras clave

televisão
tecnologias da comunicação
imagem
sensorialidade
afeto

Cómo citar

Rezende, R. (2016). A potência imagética e a televisão do século XXI: algumas reflexões. Revista De La Asociación Española De Investigación De La Comunicación, 3(6), 69-76. https://doi.org/10.24137/raeic.3.6.9

Resumen

O artigo é parte de uma pesquisa ampliada que investiga a relação da transformação tecnológica do dispositivo televisivo enquanto meio técnico e meio de comunicação. A partir do desenvolvimento de tecnologias de produção de imagem e som mais potentes e em plataformas multimídias mais interativas, apresentamos uma reflexão teórica sobre a televisão contemporânea e as novas produções de sentido, instauradas de maneira cotidiana no modus operandi do dispositivo e cujas possibilidades de recepção configuram imersões mais afetivas (na produção e na recepção), pautadas na potência do sensório e pela multiplicação de telas. Além do percurso bibliográfico que pauta a reflexão, apresentamos uma pesquisa empírica realizada por meio de formulário (enquete) com usuários sobre o tema.

https://doi.org/10.24137/raeic.3.6.9
PDF
EPUB
MOBI

Citas

AUMONT, Jacques. A imagem. SP: Papirus, 1993.

CANNITO, Newton. A televisão na era digital: interatividade, convergência e novos modelos de negócio. São Paulo, Summus, 2010.

CARDOSO, Gustavo. A mídia na Sociedade em Rede. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2007.

CHAMBAT-HOUILLON, Marie-France. O formato televisual: programação, programação e recepção. In DUARTE, Elizabeth; CASTRO, Maria Lilia Dias. (orgs.).Comunicação Audiovisual: gêneros e formatos. Porto Alegre, Sulina, 2007.

CRARY, Jonathan. Técnicas do Observador: visão e modernidade no século XIX. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

________________. Suspensões da Percepção: atenção, espetáculo e cultura moderna. São Paulo: Cosac Naif, 2013.

HELLER, Agnes. O cotidiano e a história. São Paulo: Paz e Terra, 2008.

JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

JOST, François. La télévision du quotidien: entre réalité et fiction. Bruxelles: De Boeck, 2001.

KERCKHOVE, Derrick. A pele da cultura: investigando a nova realidade eletrônica. São Paulo: Annablume, 2009.

LIPOVETSKY, Gilles & SERROY, Jean. A tela global: mídias culturais e cinema na era da hipermodernidade. Porto Alegre, Sulina, 2009.

LYOTARD, Jean-François. A condição pós-moderna. São Paulo: Editora Olimpio, 2002.

MACHADO, Arlindo. O sujeito na tela: modos de enunciação no cinema e no ciberespaço. SP: Paulus, 2007.

REZENDE, Renata. A tecnologia e a transformação do dispositivo televisivo: produções sensórias no hibridismo realidade/ficção. In: Dossiê Temático História Televisão. Revista Brasileira de História da Mídia.Associação Brasileira de Pesquisadores em História da Mídia. Alcar. Vol.1 N.2. Porto Alegre, Alcar, Socicom, 2011.

SODRÉ, Muniz. Antropológica do Espelho: uma teoria da comunicação linear e em rede. Petrópolis: Vozes, 2002.

_____________. As estratégias sensíveis: afeto, mídia e política. Petrópolis: Vozes, 2006.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.