Há função pedagógica na publicidade?
RAEIC V6 N11 2019
PDF
EPUB
MOBI

Palabras clave

publicidade
educação
pedagogía
desenvolvimento local

Cómo citar

da Silva, W. C., & Magalhães, C. M. (2019). Há função pedagógica na publicidade?. Revista De La Asociación Española De Investigación De La Comunicación, 6(11), 141-164. https://doi.org/10.24137/raeic.6.11.9

Resumen

O presente estudo tem como tema principal o estudo da função pedagógica da publicidade. A partir de uma pesquisa qualitativa e exploratória, buscou-se analisar e descrever o entendimento de publicitários e pedagogos de como a publicidade pode agir pedagogicamente. O artigo se insere no campo de estudo da educação e da publicidade e os resultados consideram o uso da publicidade como agente educativo e apresenta, ainda, aspectos teóricos e práticos da publicidade em consonância com a educação e o desenvolvimento local. Concluiu-se que, embora seu uso na educação formal ainda seja pouco explorado, a publicidade é uma importante ferramenta para atividades educacionais em geral.

https://doi.org/10.24137/raeic.6.11.9
PDF
EPUB
MOBI

Citas

Baccega, M. A. (2005). O impacto da publicidade no campo comunicação/educação. Caderno de Pesquisa, 1(3), 11-94.

Brandão, C.R. (1993). O que é educação. São Paulo: Brasiliense.

Castro, G. (2008). Mídia, consumo, globalização e contemporaneidade. En M. A. Baccega (org.), Comunicação e culturas do consumo. São Paulo: Atlas.

Coelho, L. e Pisoni, S. (2012). Vygotsky: sua teoria e a influência na educação. Revista e-Ped, 2(1), 144-152.

Dowbor, L. (1999). Tendências da gestão social. Saúde e Sociedade, 8(1), 3-16.

Dowbor, L. (2006). Educação e desenvolvimento local. Instituto Lina Galvani. Disponível em www.linagalvani.org.br/.../Educação%20e%20Desenvolvimento%20Loc

Fischer, M.E. (2007). A persuasão na perspectiva da publicidade: algumas aproximações iniciais. Trabalho apresentado no XXX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, Santos, SP. Disponível em http://professor.ucg.br/ siteDocente/admin/arquivosUpload/12031/material/A%20persuas%C3%A3o%20na%20perspectiva.pdf

Freire, P. (1983). Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

Freire, P. (1987). Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Freire. P. (2011). Pedagogia da autonomia. São Paulo: Paz e Terra.

Futrell, C.M. (2003). Vendas: fundamentos e novas práticas de gestão. São Paulo: Saraiva.

Gil, A. C. (2010). Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas.

Giusta, A. S. (2013). Concepções de aprendizagem e prática pedagógica. Educação em Revista, 29(1). Disponível em http://dx.doi.org/10.1590/S0102-46982013000100003

Hoff, T. M. (2005). O texto publicitário como suporte pedagógico para a construção de um sujeito crítico. Comunicação & Educação, 12(2), 29-38.

Libâneo, J.C. (2001). Pedagogia e pedagogos: inquietações e buscas. Educar, Curitiba, (17), 153-176.

Libâneo, J.C. (2002). Pedagogia e pedagogos para quê? São Paulo: Cortez.

Libâneo, J.C. (1996). Que destino os educadores darão à Pedagogia? En S. G. Pimenta (org), Pedagogia, ciência da educação? São Paulo: Cortez.

Macedo, D. G. (2010). Consumo, identidade e publicidade: uma relação a ser (re)pensada. Comunicação & Educação, 15(3), 101-109.

Marcondes Filho, C. (1992). Televisão: a vida pelo vídeo. São Paulo: Moderna.

Piaget, J. (1973). A linguagem e o pensamento da criança. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura.

Rocha, E. P. G. (1990). Magia e capitalismo: um estudo antropológico da publicidade. São Paulo: Brasiliense.

Sampaio, I. S. (2000). Televisão, publicidade e infância. São Paulo: Anna Blume.

Sant’anna, A. (1998). Propaganda: teoria, técnica e prática. São Paulo: Pioneira.

Santos, B. S. (2010). Pela mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade. São Paulo: Cortez.

Stanton, W. J. e Spiro, R. (2000). Administração de vendas. Rio de Janeiro: LTC.

Saviani, D. (2007). Pedagogia: o espaço da educação na universidade. Cadernos de Pesquisa, 37(130), 99-134.

Vygotsky, L. S. (1991). A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes.

Wood, D. (1998). Como as crianças pensam e aprendem. São Paulo: Loyola.

Taylor, C. (2010). A esfera pública. Covilhã: Lusosofia.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.